segunda-feira, fevereiro 26, 2024
Home » Estudo descobre bebida que ‘derrete’ o colesterol alto

Estudo descobre bebida que ‘derrete’ o colesterol alto

por Redação

O colesterol alto apresenta sérios riscos à saúde, aumentando a probabilidade de doenças cardiovasculares, como aterosclerose, ataques cardíacos e derrames. O acúmulo de colesterol nas paredes das artérias pode levar à formação de placas que estreitam e endurecem esses vasos sanguíneos, restringindo o fluxo sanguíneo e aumentando a pressão arterial. A má alimentação figura como um dos principais contribuintes para o problema, no entanto, há um aliado simples, natural e que tem ganhado destaque na batalha contra o colesterol alto: o chá verde.

Bastante consumido ao redor do mundo, o chá verde tem sido objeto de estudos minuciosos que buscam validar cientificamente seus benefícios para a saúde humana, com destaque para sua capacidade de reduzir os níveis de colesterol prejudicial no organismo.

Estudos têm apontado consistentemente o chá verde como um agente redutor de colesterol. Uma análise abrangente divulgada em 2020 pelo Nutrition Journal englobou 31 estudos clínicos e avaliou mais de 3.300 participantes. Os resultados dessa pesquisa de larga escala indicaram que o consumo de chá verde possui o potencial de diminuir os níveis de lipoproteína de baixa densidade (LDL), conhecido como “colesterol ruim”, bem como o colesterol total no corpo.

Essa descoberta é especialmente promissora, uma vez que o LDL, quando presente em quantidades elevadas, pode acumular-se nas paredes das artérias, estreitando-as e dando origem aos problemas de saúde mencionados anteriormente. Logo, a busca por métodos eficazes para manter esses níveis sob controle é de extrema importância para a saúde cardiovascular.

Além disso, o estudo enfatiza que o chá verde não parece influenciar significativamente os níveis de lipoproteína de alta densidade (HDL), conhecido como “colesterol bom”. O HDL desempenha um papel vital ao auxiliar na absorção do LDL e ao transportá-lo de volta ao fígado, onde é eliminado do corpo.

Apesar de suas propriedades benéficas, é essencial ressaltar que o chá verde não é capaz de produzir resultados miraculosos por si só. Seus efeitos positivos na redução do colesterol ganham maior relevância quando aliados a uma alimentação equilibrada e a um estilo de vida ativo e saudável. Portanto, ao incorporar essa bebida natural à dieta, é crucial reconhecer que ela funciona como uma ferramenta complementar, não como um substituto para práticas saudáveis e cuidados voltados à saúde.

Com informações do Catraca Livre.

Redação

Artigos Relacionados

Deixe seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja nosso parceiro!

Fale conosco e tire todas suas dúvidas. Venha fazer parte do maior canal de entrevistas de saúde do Brasil!

Newsletter

    @2023 Fernando Beteti – Todos os Direitos Reservados.