quinta-feira, fevereiro 29, 2024
Home » Mulher retira parte do crânio após crises de sinusite: ‘feliz por estar viva’

Mulher retira parte do crânio após crises de sinusite: ‘feliz por estar viva’

por Fernando Beteti

Sinusite é a inflamação das mucosas dos seios da face, região do crânio formada por cavidades ósseas ao redor do nariz, maçãs do rosto e olhos, de acordo com o Ministério da Saúde. O problema pode ser desencadeado por uma infecção bacteriana. Porém, além dos seios faciais, essa condição pode se disseminar para outras partes do corpo, inclusive o cérebro. Essa foi a situação de Natasha Gunther Santana, uma instrutora de artes marciais de 26 anos, que mora na Califórnia, Estados Unidos. O caso dela chamou a atenção do mundo.

Ao longo de 2021, Natasha sofreu cinco episódios separados de infecção sinusal. Todos foram tratados prontamente com antibióticos. Contudo, em uma dessas ocasiões, a infecção foi tão severa que uma parte de seu cérebro precisou ser removida para eliminar a bactéria causadora da sinusite.

Antes da decisão médica pela cirurgia, Natasha continuou tomando antibióticos para aliviar os sintomas, que incluíam vômitos, enxaquecas intensas e mudanças súbitas de humor, que a deixavam irritada sem razão aparente.

Diante dessa situação grave, foi realizada uma varredura no cérebro de Natasha. Os profissionais de saúde ficaram preocupados ao descobrir uma mutação genética que dificultava a produção de uma proteína capaz de defender o organismo contra invasores.

Uma vez que a bactéria infectou o cérebro, formou-se uma bolsa de pus em um local separado dos seios faciais por um conjunto de ossos delicados e pequenos. Foi nesse momento que Natasha precisou se submeter à cirurgia, no fim de 2021.

Recuperação

Após a cirurgia, a instrutora ficou com uma cicatriz na cabeça devido à remoção de parte do crânio. Por cinco meses, ela precisou usar um capacete para proteção. No entanto, as complicações causadas pela sinusite não acabaram por aí.

Natasha sofreu uma convulsão e desenvolveu trombose venosa profunda aguda, que ocorre quando um coágulo se forma nos grandes vasos sanguíneos. Se não tratado, esse trombo pode se deslocar pela corrente sanguínea e alojar-se nos pulmões, levando a uma condição potencialmente fatal chamada embolia pulmonar.

Durante o período pós-cirúrgico, o apoio da família e dos amigos foi extremamente importante para Natasha. Ela passou por terapia intensiva para recuperar a capacidade de andar e falar. Mesmo enfrentando fortes dores de cabeça diariamente desde então, Natasha mantém o otimismo em sua recuperação.

“Eu tenho um lindo menino chamado Raiden, meu marido e eu estamos prestes a comemorar nosso aniversário de um ano de casamento. Estou ensinando artes marciais novamente. A vida é bela. (…) Cheguei à conclusão de que este é o meu novo normal e estou feliz por estar viva”, afirmou.

Sintomas

Sinusite aguda:

Costuma ocorrer dor de cabeça na área do seio da face mais comprometido (seio frontal, maxilar, etmoidal e esfenoidal). A dor pode ser forte, em pontada, pulsátil ou sensação de pressão ou peso na cabeça. Na grande maioria dos casos, surge obstrução nasal com presença de secreção amarela ou esverdeada, sanguinolenta, que dificulta a respiração. Febre, cansaço, coriza, tosse, dores musculares e perda de apetite costumam estar presentes.

Sinusite crônica:

Os sintomas são os mesmos, porém variam muito de intensidade. A dor nos seios da face e a febre podem estar ausentes. A tosse costuma ser o sintoma preponderante. É geralmente noturna e aumenta de intensidade quando a pessoa se deita porque a secreção escorre pela parte posterior das fossas nasais e irrita as vias aéreas disparando o mecanismo de tosse. Acessos de tosse são particularmente frequentes pela manhã, ao levantar, e diminuem de intensidade, chegando mesmo a desaparecer, no decorrer do dia.

Fernando Beteti

Artigos Relacionados

Deixe seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja nosso parceiro!

Fale conosco e tire todas suas dúvidas. Venha fazer parte do maior canal de entrevistas de saúde do Brasil!

Newsletter

    @2023 Fernando Beteti – Todos os Direitos Reservados.