sábado, fevereiro 24, 2024
Home » Inimigos do homem! Conheça alimentos que diminuem a testosterona

Inimigos do homem! Conheça alimentos que diminuem a testosterona

por Fernando Beteti

Um hormônio fundamental para a saúde dos homens é a testosterona. Isso porque quando presente em níveis adequados, ela proporciona benefícios como a redução do estresse, aumento da libido e melhor forma física, sendo essencial para o desenvolvimento de massa muscular. No entanto, a falta desse hormônio traz uma extensa lista de problemas, que incluem disfunção éretil, dificuldade em atingir o orgasmo, dores nas articulações, fadiga e distúrbios do sono. Além disso, a redução do hormônio está associada ao aumento do desenvolvimento de doenças como, por exemplo, diabetes e depressão.

O que muita gente não sabe é que algumas escolhas alimentares podem ser responsáveis pela diminuição da testosterona no organismo.

LEIA TAMBÉM – Reposição de testosterona causa câncer na próstata? Dr. Alessandro Loiola responde

Veja os vilões:

  • Fats-food: Alimentos geralmente encontrados em fast-foods, por exemplo, costumam conter óleos vegetais, transgênicos, pesticidas, conservantes e carnes tratadas com hormônios artificiais que prejudicam a saúde e reduzem a testosterona.
  • Cerveja: O consumo excessivo de cerveja também pode prejudicar a produção de testosterona, pois contém álcool e lúpulo. Essa dupla aumenta a produção de estrogênio, o hormônio feminino. Além disso, o consumo exagerado de álcool dificulta a quebra do estrogênio por parte do fígado. Isso faz com que o organismo perca zinco (fundamental para a testosterona).
  • Refrigerante: O consumo frequente de refrigerantes, muito ricos em açúcar, também pode reduzir os níveis de testosterona – isso sem contar vários outros problemas – LEIA AQUI.
  • Soja: Outro alimento que deve ser evitado para manter os níveis de testosterona ideais é a soja, que contém isoflavonas, um composto orgânico com alto teor de estrogênio.

O que consumir para aumentar a testosterona?

Pesquisas apontam que o zinco é um mineral essencial para que inúmeras reações químicas ocorram no organismo e colaborem para o funcionamento de vários hormônios, entre eles a testosterona. Sendo assim, consumir alimentos com abundância deste mineral é uma alternativa. Nessa lista, destaque para feijão, queijo, iogurte, arroz integral e ostra, por exemplo. Vegetais, como repolho, rabanete e abacate também são indicados.

Outra opção segura e prática é recorrer à suplementação de zinco. Veja aqui o melhor suplemento!

Com informações do Sport Life.

Fernando Beteti

Artigos Relacionados

Deixe seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja nosso parceiro!

Fale conosco e tire todas suas dúvidas. Venha fazer parte do maior canal de entrevistas de saúde do Brasil!

Newsletter

    @2023 Fernando Beteti – Todos os Direitos Reservados.