segunda-feira, fevereiro 26, 2024
Home » Por que você deveria parar agora de usar sua pasta de dente?

Por que você deveria parar agora de usar sua pasta de dente?

por Fernando Beteti

Os perigos para a saúde e qualidade de vida estão por todas as partes, inclusive em hábitos do dia a dia, e que são aparentemente inofensivos. É o caso, por exemplo, de escovar os dentes. Especialistas alertam que a pasta de dente que você usa pode conter substâncias extremamente maléficas para o organismo.

Isso acontece porque é pela boca que esses agentes nocivos entram rapidamente na corrente sanguínea e se acumulam no organismo com o passar do tempo. Dr. Mercola é médico osteopata, ganhador de vários prêmios área da saúde natural e um dos médicos mais famosos e seguidos nas redes sociais nos Estados Unidos. Ele destaca que a boca é um dos locais mais absorventes do corpo, tanto que alguns medicamentos sublinguais são administrados. Sendo assim, mesmo que a pessoa cuspa o excesso de pasta de dente, ao ter contato com a língua, gengivas e a boca em geral, os produtos químicos já “invadem” o organismo.

O flúor talvez seja a substância mais popular presente na maioria dos cremes dentais. Desde muito cedo, aprende-se que ele é importante para a saúde dos dentes. Será mesmo? Especialistas defendem que, na verdade, trata-se de um resíduo industrial tóxico. Nesse sentido, há estudos que relacionam a substância à osteoporose, à menor resistência a bactérias (com alteração no sistema imunológico). Até mesmo câncer, problemas genéticos e redução de QI começam a ser associados ao flúor em excesso.

Outras substâncias perigosas na pasta de dente

Outro produto presente em alguns cremes dentais que merece atenção é o Triclosan. Apesar de ajudar na prevenção da gengivite, essa substância química está ligada a problemas graves. Entre eles, está a resistência do organismo a antibióticos e desregulação endócrina, que pode resultar em cânceres de mama, ovário, próstata, por exemplo, assim como má formação óssea.

Por fim, pelo menos mais duas substâncias acendem o sinal de alerta, quando o assunto é a pasta que usamos na higiene bucal. O Propilenoglicol, que é usado em tintas e esmaltes e a Dietanolamina, que pode estar relacionada a cânceres, como de estômago e esôfago.

Qual a solução? Dr. Joseph Mercola sugere que é possível fazer uma pasta de dente eficaz e muito menos nociva à saúde. Veja a receita:

Pasta de dente com óleo de coco e hortelã-pimenta caseira

Ingredientes

  • 1/2 xícara de argila bentonita
  • 1/8 colher de chá Sal
  • 2 colher de chá Bicarbonato de sódio
  • 2/3 xícara de água
  • 1/4 Óleo de coco
  • 1 colher de chá de estévia (opcional)
  • 1 a 4 gotas óleo essencial de hortelã-pimenta

Modo de preparo

  • Primeiramente, misture a argila e o sal em um recipiente.
  • Na sequência, adicione a água e misture bem.
  • Adicione o resto dos ingredientes e misture bem novamente até formar uma pasta.
  • Guarde-o em um frasco com tampa.
  • Umedeça a pasta na escova e faça a escovação como de costume.

Fernando Beteti

Artigos Relacionados

2 comentários

Ruth 27 de outubro de 2022 - 04:00

Soube recentemente numa palestra com dr Jimmi qUE nao dEvemos USAR NADa somente a escova. Entendi QUE Se usar as plantas que matam bactérias também prejudicam as boas bactérias que nos ajudam.

Responder
Ruth 27 de outubro de 2022 - 04:04

Dr Jimmi nós esclareceu que DEz anos depois que apareceu o creme dental Começaram OS Cânceres por falta das bactérias da bOCA QUE NOS PROTEGE.

Responder

Deixe seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja nosso parceiro!

Fale conosco e tire todas suas dúvidas. Venha fazer parte do maior canal de entrevistas de saúde do Brasil!

Newsletter

    @2023 Fernando Beteti – Todos os Direitos Reservados.