sábado, fevereiro 24, 2024
Home » Jovem tem doença rara que deixa pele avermelhada e pálpebras do avesso: ‘já me disseram que eu não deveria estar viva’

Jovem tem doença rara que deixa pele avermelhada e pálpebras do avesso: ‘já me disseram que eu não deveria estar viva’

por Fernando Beteti

O depoimento de uma jovem, que sofre de ictiose, chamou a atenção recentemente. Nathalie Richert, tem 23 anos, e sofre da doença rara, que deixa a pele avermelhada e faz com suas pálpebras fiquem do “avesso”. Residente de Malmö, na Suíça, a jovem sofre com o corpo escamoso e extremamente seco por causa da condição, que não tem cura.

Em entrevista ao portal britânico The Mirror, ela desabafa que constantemente é alvo de piadas de mau gosto.

“As pessoas ficam chocadas quando veem minha pele pela primeira vez quando ela está ruim e dizem coisas rudes ou ofensivas, como me chamar de tomate ou nojenta”, diz ela. “Alguns até me disseram que eu não deveria estar viva. É ainda pior quando estou no exterior, em um clima mais quente, pois as pessoas pensam imediatamente que tive queimaduras solares muito graves, completa.

Além disso, ela recorda episódios que marcaram a sua infância. “Quando eu tinha 10 anos, estava em um parque aquático com a escola e o professor me disse que as pessoas que trabalhavam lá receberam reclamações de convidados. Eles não se sentiam à vontade para tomar banho na mesma água que eu, então não era mais permitido entrar na piscina. Isso me deixou incrivelmente triste”.

Foto: Reprodução

Nathalie diz que quando nasceu, os médicos não sabiam ao certo o problema que ela tinha. “Nasci roxa e brilhante. A princípio, os médicos pensaram que minha pele era tão fina que a cor que dava para ver era do meu sangue. Comecei a sangrar quando as enfermeiras me seguraram e por usar fraldas”.

Entenda essa doença da pele

Existem diferentes tipos de ictiose. No caso da sueca, o próprio corpo desenvolve a cura da doença. Por isso, ela ainda tem pontos de pele “normal” no corpo. “Minhas pálpebras geralmente ficam viradas do avesso por causa da minha pele seca e esticada. Elas ficam ressecados e molham muito, tenho que colocar gel toda manhã e antes de dormir para mantê-las hidratadas”.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a a ictiose é uma doença rara e dermatológica que deixa a pele do paciente extremamente seca e com diversas escamas. Nos casos mais graves, as manifestações podem aparecer na primeira infância e consistem em intensa descamação da pele, couro cabeludo, palmas das mãos e plantas dos pés. Pode também surgir um prurido intenso. Trata-se de uma doença hereditária, transmitida geneticamente dos pais para os filhos

Fernando Beteti

1 comentário

Valdeque 14 de dezembro de 2022 - 05:33

Será que a Auto Hemoterapia não ajudaria fortalecerá o próprio corpo ? Pois segundo a reportagem existem sinais de que ele luta por melhoras e tem conseguido.

Responder

Deixe seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja nosso parceiro!

Fale conosco e tire todas suas dúvidas. Venha fazer parte do maior canal de entrevistas de saúde do Brasil!

Newsletter

    @2023 Fernando Beteti – Todos os Direitos Reservados.