segunda-feira, fevereiro 26, 2024
Home » Depressão: conheça os diferentes tipos e saiba identificar os sintomas

Depressão: conheça os diferentes tipos e saiba identificar os sintomas

por Fernando Beteti

A depressão é uma das grandes doenças do século. Porém, mesmo sendo tão prejudicial, muita gente ainda tem dúvidas sobre os efeitos e os sintomas da doença. Os tipos de depressão também seguem sendo um mistério para muita gente.

A depressão é a principal causa de incapacidade em todo o mundo e estima-se que mais de 300 milhões de pessoas, de todas as idades, sofram com esse transtorno, de acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde

Em alguns casos, os sintomas são considerados leves, mas também existem aqueles que se apresentam de forma moderada e, por fim, os casos graves. Essa classificação varia de acordo com a intensidade dos sintomas.

Vale lembrar que a doença só pode ser diagnosticada precisamente por um psicólogo, por isso, visitar um especialista é fundamental.

Alguns sintomas devem ser observados como ponto de alerta para a depressão:

  • humor deprimido, irritabilidade, ansiedade e angústia;
  • desânimo ou cansaço elevado;
  • diminuição ou incapacidade de sentir alegria e prazer em atividades anteriormente consideradas agradáveis;
  • desinteresse, falta de motivação e indiferença;
  • sentimentos de medo, insegurança, desesperança, desamparo e vazio;
  • ideias frequentes e desproporcionais de culpa, sensação de falta de sentido na vida, inutilidade, fracasso e pensamentos de morte;
  • interpretação distorcida e negativa da realidade;
  • dificuldade de concentração, raciocínio mais lento e esquecimento;
  • diminuição da libido;
  • perda ou aumento do apetite e do peso;
  • insônia, despertar matinal precoce ou aumento do sono;
  • dores e outros sintomas físicos não justificados por problemas médicos, como dores de barriga, má digestão, azia, diarreia, constipação, tensão na nuca e nos ombros, dor de cabeça ou no corpo, sensação de corpo pesado ou de pressão no peito, entre outros.

Fonte: Ministério da Saúde

Conheça alguns dos tipos de depressão

Sempre que os sintomas supracitados ultrapassarem duas semanas contínuas de reincidência, vale a pena consultar um médico. Normalmente, os especialistas irão considerar toda a história de vida do paciente e, apenas depois disso, firmar um diagnóstico.

No entanto, mesmo parecendo ser uma doença composta por um único quadro, na verdade, existem alguns tipos diferentes da doença, que podem ter características específicas, interferindo diretamente na gravidade da doença. Vejamos:

Depressão bipolar

A depressão bipolar caracteriza-se, de maneira geral, como uma das fases do transtorno bipolar. O transtorno bipolar se caracteriza, justamente, por causar alterações de humor incomuns.

É nesse processo que acontece a alternância entre momentos de extrema euforia com momentos de depressão profunda. Esse é um tipo de depressão que pouca gente reconhece, pois ela vem e vai muito rápido, mas deixa marcas profundas.

Depressão pós-parto

Esse é um dos tipos de depressão mais comentados, principalmente porque, de forma geral, ele acaba envolvendo toda a família. Os sintomas da depressão pós parto podem aparecer nas primeiras semanas depois do parto ou ainda durante a gestação.

Normalmente, a doença interfere nas atividades diárias da mãe, a impedindo de executar tarefas cotidianas, tirando a disposição, produzindo um sentimento de extrema tristeza, ansiedade e exaustão.

É comum que as mamães sintam certa ansiedade após o nascimento do filho. No entanto, espera-se que essa sensação de ansiedade desapareça no decorrer das duas primeiras semanas.

Transtorno afetivo sazonal

Esse tipo de depressão costuma aparecer e se intensificar durante os meses de inverno.  Nesses dias, há menos luz solar natural, principalmente em países em que o dia é mais curto e a exposição à luz do sol dura menos tempo.

Pode ser que esse tipo de depressão se repita todos os anos, em todos os invernos. Em outros casos, a doença aparece em datas comemorativas específicas, como no Natal, Ano Novo ou aniversários.

Nesse último caso, a doença é menos caracterizada pelo fator sazonal e mais pelo fator afetivo. Lembranças do passado, desejos para o futuro ou frustraçẽos pessoais nessas datas podem ser consideradas gatilhos.

Depressão crônica (Transtorno Depressivo Persistente)

Esse tipo de depressão, como o nome sugere, é uma forma persistente da doença. Normalmente, ela possui duração mínima de dois anos e tem uma intensidade moderada, ou seja, muitas vezes é omitida na rotina.

Basicamente, a depressão crônica conduz o indivíduo a uma tristeza moderada porém constante, além disso, ele fica predominantemente pessimista, sem ânimo, com pouca energia, pouca concentração e sem nenhuma vontade de agir.

Além disso, uma pessoa já diagnosticada com depressão crônica precisa estar em tratamento constante, para evitar episódios mais intensos. É possível vencer a depressão com os tratamentos adequados, apoio, paciência e persistência.

O uso de suplementos no combate à depressão

São muitos os fatores que conduzem à depressão. No entanto, a suplementação correta pode diminuir os riscos da doença ou até combater sua incidência no corpo humano, e aqui na NutriGenes temos vários suplementos e vitaminas com esse potencial.

O Magnésio Dimalato é um dos antidepressivos naturais que possuem a capacidade de combater a depressão, pois atua contra a ansiedade, a fadiga e o estresse. Fatores que podem influenciar fortemente no desenvolvimento da doença.

Da mesma forma, outro suplemento que pode ajudar a lutar contra a doença de forma natural é o Ômega 3. Na prática, ele age na produção de neurotransmissores, como a serotonina, a dopamina e a noradrenalina. Aumentando a sensação de bem estar.

Portanto, vale a pena ressaltar, mais uma vez: a depressão é uma doença que deve ser tratada com o auxílio de profissionais especializados na área. Todos os suplementos da NutriGenes possuem funções benéficas ao organismo, no entanto, ter acompanhamento médico é essencial.

Fernando Beteti

Artigos Relacionados

Deixe seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja nosso parceiro!

Fale conosco e tire todas suas dúvidas. Venha fazer parte do maior canal de entrevistas de saúde do Brasil!

Newsletter

    @2023 Fernando Beteti – Todos os Direitos Reservados.