segunda-feira, fevereiro 26, 2024
Home » Nariz de homem com varíola dos macacos apodrece

Nariz de homem com varíola dos macacos apodrece

por Fernando Beteti

Um artigo na revista médica Infection divulgou um caso inédito relacionado à Monkeypox. Segundo a publicação, o nariz de um alemão, de 40 anos, com varíola dos macacos, apodreceu. Isso ocorreu porque o homem tinha o sistema imunológico baixo, resultado de infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

O alemão buscou atendimento médico após notar uma ferida vermelha na ponta do nariz. O médico, porém, diagnosticou que se tratava de uma queimadura ocasionada pela exposição ao sol. Passados três dias, a pele na região começou necrosar.

No mesmo período, apareceram feridas que são características da varíola dos macacos por todo o corpo do paciente. Infecções graves no pênis e na boca dele, da mesma forma estão relatadas.

Com o teste de monkeypox confirmado, o alemão recebeu medicamento antiviral no hospital. No entanto, ao realizar outros exames, ele também teve diagnóstico de sífilis e vírus HIV. O alemão relatou à equipe médica que nunca havia feito testes para doenças sexualmente transmissíveis.

Ainda de acordo com a revista médica, as lesões na pele secaram e o nariz do homem com varíola dos macacos melhorou parcialmente, apresentando menos inchaço. Porém, não foi divulgado o estado de saúde atual do paciente.

Veja a foto do nariz do homem com varíola dos macacos:

Foto: Reprodução/Infection

A varíola dos macacos no Brasil

No Brasil, foram realizados cerca de 8.850 exames nos laboratórios de referência, em todo o Brasil, para comprovação de casos de varíola dos macacos. A informação é de terça, 16, do Ministério da Saúde. O número de exames realizados diariamente varia de acordo com as notificações e a chegada das amostras aos laboratórios. O país acumula 3,1 mil casos da doença, espalhados por 27 estados, segundo dados divulgados na noite desta terça-feira pelo Ministério da Saúde. Os dados são da Agência Brasil.

Foto: Freepik

Fernando Beteti

Artigos Relacionados

4 comentários

Claudia Motta 19 de agosto de 2022 - 17:08

Acredito que os primeiros na lista para ter esta doença são os vacinados por esta vacina experimental que é um verdadeiro Kinder ovo – cheio de surpresas!

Responder
Silvana Cunha 19 de agosto de 2022 - 17:25

O cidadão é uma pereba com pernas! Que nojo!!! E ando solto por aí transmitindo um monte de doenças, só parou agora para dar gás a estes maníacos globalistas e impulsionar mais medo nestes zumbis midiáticos. Só Jesus na causa, viu!!!

Responder
Vera 19 de agosto de 2022 - 18:49

Quem garante que está doença não está relacionada com as picadas da vacina e suas toxinas.

Responder
Josania 21 de agosto de 2022 - 11:36

Q legal a gente ter acesso ao teu trabalho
sem a intervenção do ma
Gratidão l

Responder

Deixe seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja nosso parceiro!

Fale conosco e tire todas suas dúvidas. Venha fazer parte do maior canal de entrevistas de saúde do Brasil!

Newsletter

    @2023 Fernando Beteti – Todos os Direitos Reservados.