sábado, fevereiro 24, 2024
Home » Conheça a alternativa natural e acessível para combater as compulsões

Conheça a alternativa natural e acessível para combater as compulsões

por Fernando Beteti

A aplicação da terapia floral desempenha um papel crucial no tratamento de distúrbios emocionais, mentais e comportamentais. Além disso, é notável que os remédios florais também apresentam um potencial significativo como aliados na luta contra compulsões.

Um exemplo notável é encontrado nos Florais de Minas, uma instituição que foi estabelecida em 1989 por Breno Marques da Silva e Ednamara Batista Vasconcelos e Marques, e que se tornou uma referência na área da terapia floral. Durante uma entrevista conduzida por Fernando Beteti, Ednamara relembra que a compulsão pode ser caracterizada como uma atividade repetitiva e excessiva, podendo ser classificada em diversos tipos distintos.

“As compulsões podem ser diversas e se caracterizam por um exagero, uma ação impulsiva, uma obsessão por alguma questão que não está bem resolvida dentro de nós. A compulsão pode surgir com a ideia de compensar uma carência interna, que pode ser afetiva, uma ansiedade, um estresse, uma atenção, uma frustração. Mas, a compulsão também é uma forma de recompensar o indivíduo por uma tarefa que ele executa sem estar com a alma entregue àquela tarefa. (…) Naturalmente, nós estamos falando aqui de compulsão como ato exagerado de comer, de beber, de fazer sexo, das compras, dos jogos, das aventuras”, ensinou ela, lembrando ainda da compulsão estética.

“É uma compulsão muito atual. A compulsão pela estética, pela forma, pela cirurgia, pela deformação do corpo físico. Tudo isso para suprir e compensar carências. Uma falta de ‘nutrição da alma'”, completou.

Contudo, surge a indagação sobre a eficácia das plantas no âmbito da terapia floral para abordar questões desse tipo. Breno Marques da Silva afirma categoricamente que sim e ilustra sua afirmação com um exemplo, mencionando uma planta que se revela particularmente adequada no tratamento da compulsão alimentar. Ele aponta a fruta-do-lobo, também conhecida como lobeira, uma espécie abundante em pastagens.

Breno ensina que em muitos casos é possível compreender uma planta e suas funções pelos animais que a consomem. “Talvez
o mais importante frequentador desta planta (fruta-do-lobo) é o lobo-guará. Tanto que se ele não come do fruto da lobeira, se desenvolve no sistema renal dele um parasita que compromete a sua saúde. Mas, o que que o lobo significa no simbolismo universal? A voracidade, o lobo é insaciável. Até nos contos de fada vocês observamos isso”.

Além disso, ele destacou também outro grande consumidor dessa planta: o boi, o que também revela um significado importante. “O boi é um ruminante. Ele come, engole, devolve… então, a comida fica atravessando para lá e para cá na sua garganta. Quando ele encontra esta fruta ele fica tão encantado com ela, que não espera a fruta nem amadurecer. E lá no miolo da fruta-do-lobo, ela dá uma sementinhas que parecem grãos de arroz, mas que ficam ainda endurecidas. Essa fruta
amadurece de fora para dentro, então ela começa a exalar aquele cheiro que é uma mistura de morango com maçã e o gado
fica atraído. O gado começa a mastigar, comer a lobeira e a engolir. E nesse processo de ruminar o caroço que às vezes ainda está duro, ele entala na garganta do boi e ele morre entalado. Ele literalmente morre pela boca, ele morre
pela garganta. Olhe a metáfora disso!”, completou.

Quer saber tudo sobre esse assunto e sobre os Florais de Minas? Assista a entrevista de Ednamara Batista e Breno Marques ao canal Fernando Beteti:

Como é a terapia floral

Os fundadores dos Florais de Minas explicaram que essa terapia faz uso de essências de flores que agem para o equilíbrio do comportamento, dos pensamentos e das emoções

“Com essa terapia, partimos do princípio de que a flor há de equilibrar comportamentos que não estejam bem harmonizados, ou seja, que estejam desequilibrados”, esclareceu Breno Marques da Silva.

Ednamara destaca que trata-se de uma bebida saudável. “Basta tomar em gotas para acionar a virtude que está latente você. Além disso, a terapia floral age independentemente da crença. Eis que age na veterinária, em pessoas que estão em estado de coma, recém-nascidos e doentes mentais”, exemplifica.

Sendo assim, florais são elaborados a partir de diferentes flores e atuam em potencialidades do indivíduo. Mas, qual o resultado disso? Equilíbrio, bem-estar e harmonia entre a alma e o corpo.

Fernando Beteti

Artigos Relacionados

Deixe seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja nosso parceiro!

Fale conosco e tire todas suas dúvidas. Venha fazer parte do maior canal de entrevistas de saúde do Brasil!

Newsletter

    @2023 Fernando Beteti – Todos os Direitos Reservados.