terça-feira, fevereiro 27, 2024
Home » Veja quais são os medicamentos que mais faturaram no Brasil e saiba para que servem

Veja quais são os medicamentos que mais faturaram no Brasil e saiba para que servem

por Redação


Em um período de apenas um ano, o Brasil testemunhou um aumento de dois para cinco medicamentos que alcançaram vendas na casa dos bilhões. Esses medicamentos, quando combinados, registraram um total de R$ 7,96 bilhões em vendas nos últimos 12 meses até junho deste ano, conforme indicado pela Close-Up International. Esses produtos representam 5% do volume total de transações no mercado. . As informações são do Panorama Farmacêutico.

Além disso, o faturamento desses medicamentos cresceu 30,3% em comparação com o período de julho de 2021 a junho de 2022. No mesmo intervalo, a receita da indústria farmacêutica com medicamentos aumentou 13,6%. Os medicamentos que atingiram a marca bilionária em vendas no Brasil são: Ozempic, Tadalafila, Sinvastatina, Torsilax e Aradois. Confira os números abaixo:

Confira para que serve cada um dos medicamentos com faturamento bilionário:

OZEMPIC

Ozempic é um medicamento prescrito que contém o princípio ativo semaglutida. Ele é usado principalmente no tratamento da diabetes tipo 2. A semaglutida pertence a uma classe de medicamentos conhecidos como agonistas do receptor do GLP-1 (glucagon-like peptide-1). No entanto, é muito usado para quem busca emagrecimento rápido.

O Ozempic é administrado como uma injeção subcutânea (sob a pele) e é indicado para ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue em adultos com diabetes tipo 2. Ele trabalha ao estimular a liberação de insulina pelo pâncreas em resposta aos níveis elevados de glicose no sangue, reduzindo assim os níveis de açúcar no sangue após as refeições. Além disso, a semaglutida também ajuda a diminuir a produção de glicose pelo fígado e retarda o esvaziamento do estômago, o que pode contribuir para uma melhor regulação dos níveis de açúcar no sangue ao longo do tempo.

TADALAFILA

A Tadalafila frequentemente utilizado no tratamento da disfunção erétil (DE) em homens adultos. Ela pertence a uma classe de medicamentos conhecidos como inibidores da fosfodiesterase tipo 5 (PDE5). A DE é uma condição em que um homem tem dificuldade em alcançar ou manter uma ereção satisfatória durante a atividade sexual. A Tadalafila atua relaxando os músculos e os vasos sanguíneos no pênis, aumentando assim o fluxo sanguíneo para essa região, o que auxilia na obtenção e na manutenção de uma ereção quando há estimulação sexual.

Além de seu uso na DE, a Tadalafila também é prescrita para o tratamento da hiperplasia prostática benigna (HPB), uma condição em que a próstata aumenta de tamanho, causando sintomas urinários, como dificuldade em urinar. Ela atua relaxando os músculos da próstata e da bexiga, o que ajuda a aliviar os sintomas associados à HPB. Em ambos os casos, a Tadalafila deve ser usada sob orientação médica, e os pacientes devem seguir as instruções do profissional de saúde quanto à dose e à frequência de administração.

SINVASTATINA

A Sinvastatina é um medicamento amplamente utilizado no tratamento de distúrbios relacionados ao colesterol e à saúde cardiovascular. Ela pertence à classe dos inibidores da HMG-CoA redutase, também conhecida como estatinas. A principal aplicação da Sinvastatina é a redução dos níveis elevados de colesterol LDL (colesterol ruim) no sangue. Ao inibir a enzima responsável pela produção do colesterol no fígado, a Sinvastatina ajuda a diminuir os níveis de LDL, contribuindo para a prevenção de doenças cardíacas, como aterosclerose e ataques cardíacos. Além disso, ela pode modestamente aumentar os níveis de colesterol HDL (colesterol bom) e reduzir os triglicerídeos.

A Sinvastatina também é frequentemente utilizada como parte de um tratamento mais amplo para reduzir o risco de eventos cardiovasculares em pacientes com fatores de risco elevados, como diabetes ou histórico de doença cardíaca. No entanto, seu uso deve ser supervisionado por um profissional de saúde, pois existem possíveis efeitos colaterais e interações medicamentosas.

TORSILAX

Torsilax é um medicamento que combina três substâncias ativas: ciclobenzaprina, cafeína e carisoprodol.

Ele é usado principalmente para aliviar temporariamente o desconforto associado a condições musculares dolorosas, como espasmos musculares e tensões. A ciclobenzaprina e o carisoprodol são relaxantes musculares que atuam diminuindo a tensão e os espasmos nos músculos, enquanto a cafeína pode ter um efeito estimulante leve e possivelmente aumentar a eficácia das outras substâncias. O Torsilax é frequentemente prescrito para situações em que o desconforto muscular limita a mobilidade e causa dor.

ARADOIS

Aradois é um medicamento que contém como substância ativa o losartan, que pertence à classe dos antagonistas do receptor de angiotensina II. Ele é utilizado principalmente para tratar a hipertensão arterial, ajudando a reduzir a pressão sanguínea elevada. O losartan atua bloqueando a ação da angiotensina II, uma substância que causa constrição dos vasos sanguíneos e elevação da pressão arterial. Ao relaxar os vasos sanguíneos e diminuir a resistência ao fluxo sanguíneo, o Aradois ajuda a baixar a pressão arterial, contribuindo para a prevenção de complicações cardiovasculares.

Redação

Artigos Relacionados

Deixe seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja nosso parceiro!

Fale conosco e tire todas suas dúvidas. Venha fazer parte do maior canal de entrevistas de saúde do Brasil!

Newsletter

    @2023 Fernando Beteti – Todos os Direitos Reservados.